Conecte com a gente

BLINK NEWS

Pesquisadores dinamarqueses anunciam cura para o HIV ‘em alguns meses’

Quando a cura for encontrada irá libertar o paciente da necessidade de tomar medicação contínua HIV e salvar bilhões em serviços de saúde pública. A cura para o HIV pode estar bem próxima. Pelo menos é o que afirmam cientistas dinamarqueses que estão agora, aguardando resultados de um experimento que pode significar a descoberda de uma [...]

Quando a cura for encontrada irá libertar o paciente da necessidade de tomar medicação contínua HIV e salvar bilhões em serviços de saúde pública.

A cura para o HIV pode estar bem próxima. Pelo menos é o que afirmam cientistas dinamarqueses que estão agora, aguardando resultados de um experimento que pode significar a descoberda de uma cura e ela será acessível. E isso poderá vir dentro de alguns meses. As informações são do jornal inglês Telegraph.

Pesquisadores estão conduzindo ensaios clínicos para testar uma “nova estratégia”, no qual o vírus é despojado do DNA humano, onde se multiplica, e destruído permanentemente pelo sistema imunológico do paciente. A medida representaria um passo dramático na tentativa de encontrar uma cura para o vírus.

A técnica envolve a libertação do vírus HIV de “reservatórios” que estes formam no DNA das células, levando-o para a superfície das mesmas. Uma vez “exposto” na superfície da célula, o vírus pode ser eliminado naturalmente pelo sistema imunológico, capaz de criar uma “vacina” contra ele. Os cientistas estão atualmente realizando testes em humanos, na esperança de provar que ele é eficaz.

Em laboratório, os testes já foram bem-sucedidos.

Em estudos in vitro – aqueles nos quais são usadas células humanas em laboratório – a nova técnica foi tão bem sucedida que, em janeiro, o Conselho de Pesquisa dinamarquês premiou os pesquisadores com cerca de R$ 5 milhões para darem prosseguimento na pesquisa, desta vez, em humanos.

De acordo com Dr. Søgaard, pesquisador sênior do Hospital da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, que lidera o estudo, os primeiros sinais são “promissores”.

Estou quase certo de que teremos sucesso. O desafio será fazer o sistema imunológico dos pacientes reconhecer o vírus, depois de exposto, e destruí-lo. Isto depende da força e da sensibilidade dos sistemas imunes individuais.

Quinze pacientes estão participando dos ensaios e, se eles forem considerados curados do HIV, o tratamento será testado em uma escala mais ampla.

A pesquisa da equipe dinamarquesa está entre o movimento mais avançado e rápido do mundo para a cura do HIV.

Dr Søgaard ressaltou que a cura não é o mesmo que uma vacina preventiva e que a sensibilização de comportamento inseguro, incluindo relações sexuais desprotegidas e compartilhamento de agulhas, ainda são de suma importância na luta contra o HIV.

Com o tratamento moderno HIV, o paciente pode viver uma vida quase normal, mesmo em idade avançada, com efeitos colaterais limitados.

No entanto, se a medicação for interrompida, o vírus pode voltar a se multiplicar no organismo do indivíduo e os sintomas da Aids podem reaparecer em duas semanas.

 

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

13 MAI: #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

Se ame mais!

VIVA+

Epidemia de Dengue: Secretário de Saúde explica situação.

CAFÉ COM BLINK

Número de jovens com HIV no Brasil sobe 700%. Entenda porquê:

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat