Você viu esse gatinho?
Conflitos da Democracia discute: corrupção é o problema do Brasil? Amanhã (23), às 7h

Pode ser esquisito, mas é tradição: costumes curiosos ao redor do mundo

Reprodução: https://bit.ly/2N8rzET

O mundo é grande, amiguinhos. E basta uma olhada um tanto mais apurada para sacar que povos e pessoas diferentes comemoram datas e eventos de formas diferentes, de acordo com sua cultura e história pessoais. Hoje listamos alguns eventos anuais que são tradições em seus respectivos países e podem parecer bem curiosos ou até mesmo estranhos pra quem não está acostumado:

Holanda: banho gelado no ano-novo

A virada de ano no Hemisfério Sul acontece no verão, então muita gente por aqui adora pular ondinhas para trazer sorte. Lá no Norte também acontece algo semelhante: na Holanda, o pessoal aproveita o dia 1º de janeiro para comemorar o Nieuwjaarsduik, algo como “Mergulho de Ano-Novo”, nas águas gélidas do mar!

Islândia: troca de livros no Natal

Por aqui, costumamos dar livros quando sabemos exatamente o gosto de uma pessoa ou estamos sem ideias de presente – muitas vezes, eles vão para a estante e nem sequer são lidas. Na Islândia, existe a Jólabókaflóðið, algo como “Inundação de livros do Natal”, no qual as famílias se reúnem nas festividades de dezembro justamente para trocar livros e começar a lê-los ao lado da árvore natalina com um bom chocolate quente.

Espanha: guerra de tomates

Você já teve vontade de jogar tomate em alguém? Então corra para Buñol, na província de Valência, na Espanha, que todo final de agosto comemora a La Tomatina, a maior guerra de comida do mundo! O festival dura 1 semana, mas a batalha de tomates dura apenas 1 hora – em 2018 acontecerá no dia 29.

Índia e Nepal: adoração de cobras

Todo mês de julho ou agosto, dependendo da Lua, os hindus da Índia e do Nepal comemoram a Naga Panchami, uma adoração de cobras e serpentes! Esses animais são sagrados para a religião hindu desde sempre – tanto que o Senhor Vishnu, por exemplo, descansa no reino das cobras –, por isso, nesse dia, elas recebem leite, arroz e outras oferendas como forma de o povo mostrar sua devoção.

Dinamarca: banho de canela

Já pensou ser amarrado em um poste ou a uma cadeira e levar um “banho” de canela? Não parece nada agradável, mas é isso que acontece na Dinamarca quando você chega aos 25 anos e ainda não se casou. E caso chegue aos 30 solteirão ou solteirona, é possível que troquem a canela por pimenta!

Finlândia: jogar botas

Nas Olimpíadas, existem lançamentos de peso, de dardo e de disco, enquanto na Finlândia existe um campeonato mundial muito mais bizarro: o de lançamento de botas de borracha!

fonte: megacurioso.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.