Conecte com a gente

COLUNISTAS

Pompoarismo: 04 passos que vão ajudar você à começar

Desenvolvido inicialmente há mais de 1500 anos pelas Sacerdotisas do Templo da Grande Mãe, o Pompoarismo (ginástica sexual) era para ser utilizado uma vez por ano durante os rituais de fertilidade. Com o tempo, essa técnica foi saindo dos recintos dos templos, tornando-se popular entre as mulheres que o praticavam para obter e dar satisfação sexual aos seus parceiros.

No início do século 20, gueixas japonesas e prostitutas tailandesas usavam a técnica para proporcionarem maior prazer aos amantes. O pompoarismo foi trazido para o Ocidente pelo ginecologista americano Dr. Arnold kegel em 1955. Em 1976 com o filme “Império dos Sentidos” o mundo despertou para essa prática vendo a atriz sugar e expulsar pela vagina um ovo cozido. Em 1994, no filme “Priscila, a Rainha do Deserto”, uma mulher atira uma bolinha na platéia durante exibição.

A técnica do pompoarismo consiste em uma série de exercícios que trabalham os três principais anéis vaginais, o anel da entrada da vagina que possui uma musculatura mais forte; anel do meio que fica localizado na porção mediana da vagina e sua força muscular é mais fraca, do que o primeiro anel; e o terceiro anel que é localizado mais internamente, próximo ao colo do útero e assim como o do meio, não possui força muscular.

As orientais, por terem este conhecimento procuram, fortalecer o segundo e terceiro anel através dos exercícios. Os exercícios consistem, em executar movimentos de contração e descontração dos músculos vaginais e a respiração é muito importante para a assimilação dos exercícios.

Sempre antes de você fazer força, você deve inspirar pelo nariz e quando relaxar expirar pela boca. Evite respirar muito profundamente, pois o excesso de oxigenação poderá causar tonturas. Respire naturalmente. Com a prática diária dos exercícios é possível desenvolver e controlar com o tempo os músculos de tal forma que a mulher possa dar e sentir mais prazer.

1- Disciplina

Procure praticar os exercícios todos os dias; consulte periodicamente um ginecologista; alimente-se bem, durma bem, evite exagerar na bebida alcoólica e no cigarro (caso você fume), faça meditação (ajuda na concentração na hora de fazer os exercícios)

2 – Conheça seu corpo

Procure descobrir seu corpo através do toque. Escolha uma hora em que esteja se sentindo bem (sem nenhuma preocupação) e que possa dedicar-se de 30 a 60 minutos. Comece passando um óleo ou um hidratante que você goste nas mãos.

Devagar comece a percorrer todo o seu corpo, Experimente diferentes tipos de toque: Use um pouco a ponta dos dedos, depois use as palmas das mãos. Descubra qual é a sensação que as diferentes partes do seu corpo lhe dão.

3 – Faça os exercícios diariamente

Para obter resultados mais rapidamente, faça os exercícios 1 e 2 por 5 a 10 minutos no mínimo, 2 vezes ao dia.

Exercício 01:
Inspire e contraia a musculatura vaginal por um segundo;
Expire e relaxe a musculatura vaginal por um segundo;
Repita pelos menos 5 minutos

Exercício 02:
Inspire profundamente e segure o ar no abdômen;
Com a respiração presa, contraia firmemente a vagina por cinco segundos (conte mentalmente de 01 a 05);
Expire o ar ao mesmo tempo em que relaxa lentamente a musculatura;
Repita esse exercício por 5 a 10 minutos consecutivos. Com a prática, o tempo bem como a força do exercício na musculatura, deve aumentar
gradativamente.

Exercício 03
Contrai a musculatura vaginal, conte até 05 e depois relaxe
Faça o mesmo com a musculatura anal, conte até 5 e depois relaxe;
Contraia a musculatura anal e vaginal ao mesmo tempo por cinco segundos,
depois relaxe;
Repita várias vezes a tente fazer alternadamente;
Lembre-se que esses exercícios devem ser acompanhados do exercício de
respiração.

Exercício 04
Inspire e contraia o primeiro. Expire e relaxe;
Contraia o segundo anel e relaxe;
Contraia o terceiro anel
Experimente contrair todos juntos.
A contração do de segundo e terceiro anel fica mais fácil após algum tempo

Exercício 05
Contraia a musculatura vaginal como se quisesse levá-la ao abdômen;
Continue contraindo ao máximo e depois relaxe
Demore aproximadamente de 3 a 4 segundos (conte mentalmente)
Inspire pelo nariz e expire pela boca.
Repita durante 15 minutos todos os dias.

Exercícios 06
Todos os dias na hora do banho,
Introduza o dedo médio na vagina e logo a seguir contraia cada um dos anéis sentindo a pressão no dedo de cada um deles;
Primeiro contraia o anel da entrada, depois o do meio e finalmente o do fundo, sempre sentindo a pressão no dedo;
Como na maioria das vezes o dedo médio não alcança o terceiro anel podemos substituir por um acessório apropriado.

04 – Lembre-se

Pratique diariamente os exercícios de 15 a 20 minutos cada um deles, seja extremamente disciplinada, principalmente nos 06 primeiros meses, pois esse período é fundamental para o desenvolvimento da musculatura; Concentre-se e movimente apenas os músculos vaginais durante os exercícios; Faça isso por você, porque você merece ser cada vez melhor.

Escrito por

De modelo e coreógrafa a Sensual Coach, Fátima Moura possui uma história extensa que varia desde trabalhos para a L'Oreal Paris até programas de rádio, TV e colunas de revistas. Seus cursos e palestras "Transformar hábitos em momentos especiais" e "Corpo, uma arte em movimento" tem como objetivo a busca de melhor qualidade de vida, sendo ministrados com sucesso em todo o país.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

PODCAST: As atrações da largada do Rally dos Sertões!

HORÁRIO DE PICO

Veja: Novos filhos de “dona Herminia”

ENTRETENIMENTO

PODCAST: Especial CG Praça Belmar Fidalgo

PODCAST

Campo Grande é tudo isso!?

ENTRETENIMENTO

WhatsApp chat