Quente e gostoso: curiosidades deliciosas sobre o cafezinho nosso de cada dia
março 16, 2017
Delegacia reduz o estresse no trabalho
março 17, 2017

Q.I pra dar e vender: conheça as pessoas mais inteligentes do mundo

Reprodução: goo.gl/XhlQ9C

COMPARTILHE ISSO AGORA! :)

Quando falamos em inteligência, as pessoas acabam sendo classificadas através de vários fatores, seja Q.I, capacidade enorme em gerir negócios de maneira eficaz, criatividade, projetos inéditos e até a forma como se relacionam com outras pessoas. Mas e quando juntamos pessoas que, além de terem o quoeficiente de inteligência alto também são responsáveis por grandes feitos? Se liga na listinha abaixo:

James Woods

Você talvez se lembre de Woods, afinal ele é um ator norte-americano famoso, com duas indicações ao Oscar e vencedor três vezes do Emmy Awards. O que você talvez não saiba, porém, é que Woods, hoje com 65 anos, é um cara superinteligente, que chegou a estudar no Instituto de Tecnologia de Massachusetts. O Q.I. dele é de 180.

Terrence Tao

O gênio da matemática acredita que seu gosto pelos números nasceu quando ele ainda era criança e assistia a Vila Sésamo. Só para você ter ideia, aos dois anos Tao já era capaz de fazer cálculos matemáticos simples. Aos nove anos, ele já tinha aulas de matemática de nível superior, e, aos 20, recebeu o título de Doutor da Universidade de Princeton.

O cara já foi o participante mais jovem de uma olimpíada de matemática, tendo sido classificado em primeiro lugar quando tinha apenas 13 anos. Hoje, aos 37 anos e com Q.I. de 230, Tao já publicou mais de 230 artigos e pesquisas em sua área.

Cristopher Hirata

Se Terrence Tao chamou a atenção por ser a pessoa mais jovem a participar de uma olimpíada de matemática, Christopher Hirata não ficou atrás. Ele fez o mesmo, também aos 13 anos, só que na área da física. Um ano depois, ele já era um universitário e fazia parte do Instituto de Tecnologia da Califórnia.

Dois anos depois, ou seja, aos 16 anos, começou a trabalhar com a NASA no projeto que estuda as possibilidades de eventualmente colonizar Marte. Aos 22 anos, Hirata já tinha o título de Doutor, que conseguiu pela Universidade de Princeton. Hoje, aos 30 anos, seu Q.I. é de 225.

Judit Polgar

Judit e sua irmã foram “cobaias” de um método de ensino mais rigoroso, criado e aplicado pelo pai delas. A intenção do pai era provar que crianças poderiam ser superinteligentes se incentivadas desde muito cedo. E ele estava certo. Jogadora de xadrez desde os cinco anos, Judit já era expert aos 15, quando venceu o recorde de Bobby Fischer, considerado um dos melhores enxadristas do mundo. Aos 37 anos, o Q.I. dessa criança-prodígio é de 170.

Sir Andrew Wiles

Esse cara é um dos responsáveis por ajudar a resolver o Último Teorema de Fermat, considerado simplesmente o problema matemático mais difícil de todos os tempos. Por tudo o que já fez graças à sua inteligência, Wiles já recebeu 15 prêmios matemáticos e foi intitulado “sir”, denominação nobre utilizada na Grã Bretanha. Aos 60 anos, o Q.I. de Sir Wiles é de 170.

Rick Rosner

Com 53 anos e com Q.I. de 192, Rosner é um roteirista de TV que trabalha na ABC e escreve cerca de 60 piadas por dia. Antes de dedicar seu tempo à televisão, Rosner exerceu outras profissões, como a de stripper, porteiro, garçom e até modelo nu. Outra curiosidade sobre o cara: ele repetiu três vezes o último ano do Ensino Médio de propósito, pois achava legal fazer novos amigos e queria encontrar uma namorada.

Paul Allen

Esse cara é simplesmente um dos fundadores da Microsoft. Não é difícil entender como ele conseguiu transformar sua inteligência em uma verdadeira fortuna – ele é a 48ª pessoa mais rica do mundo, com um patrimônio de US$ 14,2 bilhões. Aos 60 anos e com seu Q.I. de 170, Allen é dono também de companhias e times esportivos.

Stephen Hawking

É lógico que o primeiro lugar teria que ser dele. Ele é uma pessoa admirável e, de quebra, considerada a mais inteligente do mundo. Hoje Hawking tem 71 anos e seu Q.I. é de 160.

O cientista se tornou mundialmente conhecido pelas inúmeras contribuições que deu à física teórica. Além disso, o cara é autor de livros que falam sobre o universo – estamos falando de sete best-sellers e 14 prêmios de reconhecimento. Aplausos para ele.

Se você fosse um gênio, usaria sua inteligência para quê?

fonte: megacurioso.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.