Casos de febre amarela no Brasil atingem nova marca
março 16, 2017
Prefeitura vai interditar acesso ao Parque dos Poderes
março 16, 2017

Quase 3 milhões de reclamações do consumidor foram registradas em 2016

Foto: Governo do Estado de São Paulo

COMPARTILHE ISSO AGORA! :)

Os sistemas de defesa do consumidor registraram mais de 2,7 milhões de atendimentos e reclamações em 2016. As empresas de telecomunicações lideram a lista de reclamações, segundo dados dos boletins do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) e do Consumidor.gov.br, divulgados hoje (16) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Para o diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, André Lopes, o volume de litígios de consumo na Justiça é grande, por isso o ministério trabalha em um serviço que ajude o cidadão a resolver seus problemas online, o Consumidor.gov.br. “É um avanço muito importante o consumidor buscar seus direitos e encontrar canais para isso, sobretudo sem precisar fazer recurso ao Judiciário”, disse.

Ele explicou que as empresas que mais geram volume de reclamação nos Procons são convidadas a entrar no Consumidor.gov.br, uma plataforma online onde o cidadão pode se comunicar diretamente com as empresas participantes, que devem responder às demandas em até 10 dias. A adesão das empresas é voluntária.

No site também é possível ler as últimas reclamações registradas, consultar o desempenho das empresas, ver a lista das empresas participantes, entre outras informações. Lopes destaca, entretanto, que esse serviço via internet não substitui o serviço prestado nos canais tradicionais pelos órgãos de defesa do consumidor.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.