Conecte com a gente

BLINK NEWS

Quase 80% dos brasileiros não lembra em quem votou para o Congresso. E agora?

Não é tarefa fácil, mas alguns pesquisadores tentam entender porque o brasileiro não se lembra de seus votos em eleições, principalmente para parlamentares.

Para o cientista político do Instituto de Ensino e Pesquisa Insper, Humberto Dantas, existem dois motivos mais fortes que justificam o esquecimento:

1 – “o sistema é complicado” e

2 – “as pessoas não entendem muito bem para que serve o poder legislativo, então se perdem na compreensão acerca do que é o parlamento. Os próprios parlamentares têm dificuldade de entender”.

Ao #CaféComBlink desta quarta-feira (08), o especialista disse que muitos parlamentares acreditam ser fazedores de favores; “acham que seus gabinetes são esferas de micro-execuções” e destacou existirem escolas dos parlamentos, feitas para ajudar os parlamentares e também os cidadãos a entenderem melhor como cada instância funciona.

O brasileiro pode até fazer mais esforços nestas eleições para tentar modificar o quadro do esquecimento, mas Humberto Dantas que o trabalho demorará alguns outros anos: “não é como um interruptor (…) é um processo cultural, de transformação de uma sociedade que precisa assumir que tem responsabilidade – ou parte de responsabilidade – sobre o que é assistido em matéria de política no país”. Para o economista, o brasileiro precisa saber quais questões lhe cabem e entender o funcionamento da urna eletrônica como uma central de informática de recursos humanos, na qual se digita um código para que seja feita a contratação de um funcionário e, portanto, levar mais a sério o “sim”, clicado na conclusão de cada votação.

Dantas destaca ser essencial, ao votar, conhecer o nível das promessas de cada político (inclusive deputados, senadores, vereadores) e identificar se o seu candidato e o seu partido são capazes de colocar em prática e concretizar as tais promessas. Além disso, é preciso saber exatamente qual papel (funções e responsabilidades) de cada esfera de poder.

Especificamente quando o assunto é a Câmara dos Deputados, o cientista político reforça: “o eleitor precisa entender o sistema e saber que não tende a um individualismo (meu deputado, minha deputada): os partidos políticos elegem bancadas” e os brasileiros não têm apego a partidos políticos. Ouça a entrevista completa:

Escrito por

Jornalista e especialista em marketing digital, agora mergulho no universo radiofônico. Produtora do #CaféComBlink. No ar de 2ª a 6ª, a partir das 7h, na Blink 102. Amo colecionar histórias... Me conta a sua?!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

03 Set #6_PrincipaisNotícias

BLINK NEWS

Eleições na Câmara e no Senado acontecem nesta sexta-feira (1º)

BLINK NEWS

AS 6 PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA | 28 DE JANEIRO

DESTAQUES NEWS

AS 6 PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA | 4 DE JANEIRO

BLINK NEWS

WhatsApp chat