Conecte com a gente

VIVA VOZ

Quer economizar? Conheça o casamento SEM convidados.

Em tempos de crise o que todos menos querem é gastar dinheiro, correto? E outra, há ainda uma certa tendência em eventos mais intimistas, voltados apenas para os familiares mais próximos e queridos, pensamento que se encaixa naquela velha máxima: “fazer festa pra quê? Pras pessoas comerem, beberem de graça e ainda sairem falando mal?” Pois então, a nova tendência é a do casamento sem, isso mesmo, SEM convidados.

Veja o exemplo de Caroline, de 32 anos, que já era casada no civil mas nunca havia pensado em fazer uma cerimônia oficial. Foi quando uma amiga sua disse que tinha um espaço bonito no interior de São Paulo e lhe fez a proposta de uma festa de casamento diferente.

“No começo foi tudo meio estranho quando ela falou que eu não poderia contar para ninguém e nem convidar os pais”, espantou-se Carolina. Mas no fim ela aproveitou muito sua festa de casamento: “A única diferença é que não tinha ninguém”. A noiva teve de fazer segredo. Não contou pra nenhum amigo sobre o casamento: “Iria ser estranho dizer que ia casar e não convidá-los”. E para os pais, disse que ia para um evento no interior, “deu uma enrolada”, como ela mesmo lembra.

Este tipo de cerimônia já tem nome e é conhecida pelo nome de Elopement Wedding, inclusive, é muito parecida com a cerimônia original: tem benção, celebrante, vestido de noiva, buquê, decoração e serviço de fotografia e filmagem. Só não tem comida, bebida e nem gente.

Carolina explica que a economia foi fator determinante para a escolha, principalmente no que diz respeito ao buffet: “É difícil prever o quanto se economiza, pois depende muito do tipo da festa e das comidas e bebidas escolhidas para a comemoração, mas é de fato um gasto muito menor quando não se precisa servir nada aos convidados”.

Se quiser algo um pouco mais especial, é sugerida a contratação de um chef para preparar pratos especiais apenas para os noivos: “O jantar não teria um custo muito superior ao de um bom restaurante, com a diferença de que seria exclusivo”.

No aluguel do espaço também se economiza muito. Enquanto um casamento tradicional exige um salão que comporte diversas pessoas, para esta versão é apenas necessário um espaço bonito, mas pequeno. Bianca ainda pontua a vantagem de poder realizar a cerimônia em um dia alternativo, fugindo dos finais de semana, barateando ainda mais o aluguel: “Para o espaço, a economia chega até 80%”.

Sobre aproveitar o evento, Carolina conta que aproveitou muito tudo, desde todos os preparativos, até a própria festa: “Às vezes você se envolve tanto com o que os outros vão pensar, com o que vai servir para os convidados, que não curte o momento”. Nesta modalidade de festa de casamento, os registros fotográficos valem muito. Além de guardar para rever e se emocionar toda vez que assiste – como confessa a própria Carolina – é possível fazer uma pequena reunião informal para mostrar para os familiares e amigos mais próximos as fotos e os vídeos e, então, revelar todo o segredo.

Fonte: delas.ig.com.br

 

 

 

Escrito por

Buscando a felicidade sempre. Apaixonado pela comunicação e pela música. Sonhar, acreditar e jamais desistir, tudo isso sem perder a fé. Locutor, cantor e acadêmico de jornalismo. Apresentador do Viva-Voz. Me siga no insta: @padubotelho.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat