Conecte com a gente

BLINK NEWS

Refugiados sírios são inclusos no Bolsa Família e atitude divide opiniões

O Brasil é hoje o país que mais recebe refugiados sírios na América Latina. Cerca de 2.100 pessoas deste grupo vivem hoje no país, de acordo com dados do Ministério da Justiça, sendo esse o maior grupo entre os diversos refugiados no Brasil, estando à frente dos 1.480 angolanos que vivem por aqui. Apesar de [...]

O Brasil é hoje o país que mais recebe refugiados sírios na América Latina. Cerca de 2.100 pessoas deste grupo vivem hoje no país, de acordo com dados do Ministério da Justiça, sendo esse o maior grupo entre os diversos refugiados no Brasil, estando à frente dos 1.480 angolanos que vivem por aqui.

Apesar de terem encontrado um lugar para ficar, os refugiados sírios encontram muitas dificuldades para viver no país. Sem falar a língua e em meio à crise econômica, apesar de muitos deles terem qualificação profissional, a maioria não consegue emprego.

Como não há um programa de ajuda específico para estrangeiros, essas famílias são incluídas no Bolsa Família, o que divide opiniões. Alguns acreditam que essa inclusão mascara a verdadeira situação, alegando a necessidade da criação de mecanismos próprios para refugiados nas instituições. Outros acreditam que a inclusão no programa existente é uma resposta imediata humanitária que deve sim incluir essas famílias, uma vez que as condições são emergenciais.

Qual seria a medida certa a ser tomada em casos deste tipo?

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

WhatsApp chat