Hoje o Café com Blink recebeu nos estúdios o Professor Doutor Wagner Menezes, Doutor em Integração na America Latina (USP) (2007) Professor Doutor na USP desde 2009, Pós Doutorado (Universitá Degli Studi di Padova – Itália) (2008), Professor Associado desde 2012, Livre-docente em Direito Internacional, USP, 2012.

Presidente da Academia Brasileira de Direito Internacional, o Professor Wagner Menezes, foi reconhecido como Fellow Professor concedido pela Universidade da Califórnia – Berkeley, uma das principais Universidades americanas e do mundo.

O Professor Wagner é o primeiro brasileiro admitido nessa condição fazendo história para o Direito Brasileiro. E o Deputado Federal Fábio Trad, Formado em 1991 em Direito e Mestre em Direito Penal e Economia foi indicado como advogado dativo de inúmeros acusados socialmente carentes, Advogado e professor universitário, foi presidente da OAB-MS no triênio 2007-2009.

Os dois entrevistados dialogaram sobre as posições do Brasil em acordos internacionais e o cenário de mudança global. Ouça a entrevista completa aqui.

18 CONGRESSO DE DIREITO INTERNACIONAL
26 A 29 DE AGOSTO EM BONITO

Do congresso:
Este é um dos mais importantes e organizados eventos da área do Direito, com reconhecimento internacional. Um dos motivos é o processo de escolhas dos artigos apresentados realizado por meio de uma “avaliação cega”, em que o nome dos autores é omitido para os avaliadores. “Isto permite que só trabalhos de excelência sejam apresentados”.

Reforça-se a ideia da abrangência do Direito Internacional porque “todos os campos de estudo dialogam com ele” e comentou que o público alvo não está restrito aos pesquisadores. “é uma oportunidade de troca de conhecimentos entre estudantes, sejam eles de Relações Internacionais, Direito ou Comércio Exterior e até políticos”.

O evento tem o apoio de diversas universidades, dentre elas a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Quando se trata de integração, por exemplo, ele cita os debates envolvendo a Rota Bioceânica que vai ligar Brasil, Chile, Paraguai e Argentina.

Em se tratando de mobilidade, ele lembra da movimentação de pessoas pelas fronteiras e dos estrangeiros recebidos no Estado e a biodiversidade de Mato Grosso do Sul que abriga o Pantanal.

Os organizadores do evento pensam ainda em realizar algumas apresentações no município de Bonito para incentivar ainda mais o turismo no Estado.

Deixe um comentário