Relação de pet e dono vai além de intersere

Há pessoas que discordam em chamar os cães de filhos. E há aquelas pessoas que não abrem mão de usar a expressão. Afinal, a relação de ambos é baseada em amor, carinho, fraternidade e muita amizade. E o resultado disso é algo incrível que acontece em ambos (tutor e seu cão).

Você já ouviu falar do hormônio do amor? Este é um hormônio que se desenvolve no organismo a partir do momento que há a liberação de energias positivas em momentos específicos, como uma troca de olhares entre mãe e filho. O hormônio do amor possui um nome científico, que é a Ocitocina. E o mais incrível, é que a Ocitocina foi encontrada em amostras de pesquisadores que testaram o relacionamento entre tutores e seus cães!

A descoberta foi publicada na revista Science, onde pesquisadores colocaram tutores e cães em um local para interagirem, de modo que trocassem olhares e carinhos. Depois, foram coletadas amostras de urina de ambos para a realização de testes. E as amostras trouxeram aquilo que nos coloca em uma posição de pais e mães de nossos cães: O hormônio do amor, a Ocitocina, apareceu nos momentos em que houve interação e não apareceu nos momentos que não houve.

Os dados são do Portal do Dog.

Quer falar com a BLINK?