Conecte com a gente

BLINK NEWS

Rotina no aeroporto de Campo Grande não muda mesmo com rigor na inspeção

Nesta segunda-feira (18) começou, em todo o Brasil, inspeções mais rigorosas nos aeroportos, mas esta novidade não trouxe mudanças na rotina de passageiros que estiveram no aeroporto de Campo Grande. Conforme informações da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) não ocorreram tumultos e nem atrasos no aeroporto. Esta medida foi anunciada pela Agência Nacional de Aviação Civil [...]

Nesta segunda-feira (18) começou, em todo o Brasil, inspeções mais rigorosas nos aeroportos, mas esta novidade não trouxe mudanças na rotina de passageiros que estiveram no aeroporto de Campo Grande. Conforme informações da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) não ocorreram tumultos e nem atrasos no aeroporto.

Esta medida foi anunciada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pouco antes do início das Olimpíadas 2016 e não tem prazo para encerrar. As companhias aéreas orientam que os passageiros passem a se apresentar para o check in com uma antecedência de pelo menos uma hora e meia antes do horário de partida do voo.

Segundo a agência reguladora, no exterior são adotadas medidas semelhantes de segurança. A mudança, que vale para voos nacionais e internacionais em todos os aeroportos brasileiros, não tem prazo para acabar.

Confira os procedimentos que devem ser intensificados, segundo a Anac:

Revista física
Todos os passageiros estão sujeitos a passar por uma revista física, feita por um agente do mesmo sexo. Isso pode ser feito de forma aleatória, ou seja, mesmo que não tenha sido disparado o alarme do equipamento de raios X. De acordo com a Anac, a revista poderá ocorrer em local público ou reservado, a critério do passageiro e do agentes, e com presença de testemunha.

Crianças também podem ser submetidas à revista física, segundo a Anac. A idade mínima, no entanto, não foi informada por “questões de segurança”, segundo o órgão.

Se o passageiro se negar a passar por revista física, caso seja solicitado, ele não poderá acessar a área de embarque do aeroporto.

Notebook
Os passageiros terão que tirar computadores portáteis e outros dispositivos eletrônicos de dentro das malas e mochilas. Antes, segundo a Anac, a medida só era obrigatória para os voos internacionais.

De acordo com a agência reguladora, a presença do notebook dificulta a visualização dos demais itens no interior da bagagem durante a inspeção pelo equipamento de raios X.

Abertura de bagagem
Os passageiros também podem ter de abrir as bagagens de mão para que os agentes façam a inspeção dos objetos. Isso pode ser solicitado no momento da passagem pelo equipamento de raios X.

Se o passageiro se recusar a abrir a bagagem de mão, ele ficará proibido de entrar na área de embarque do aeroporto.

Filas
Depois de a Anac anunciar as mudanças, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que representa Avianca, Azul, Gol e Latam, informou que as empresas orientam os passageiros dos voos nacionais a se apresentarem para o check-in com antecedência de pelo menos uma hora e meia antes do horário de saída do voo.

 

 

 

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Cancelamentos em Campo Grande

COMUNIDADE

Só um minutinho!

COLUNISTAS

Previsão do tempo, trânsito e aeroporto

BLINK NEWS

Thiago Braz quebra recorde olímpico e conquista ouro

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat