Conecte com a gente

BLINK NEWS

Samarco assina termo com MP para pagamento de R$ 1 bilhão

A Samarco declarou que já começou obras emergenciais para reforçar as estruturas das barragens, e diferentemente do que tinha afirmado depois da tragédia, a empresa diz agora que a barragem de Santarém não se rompeu. Onze pessoas morreram vítimas do vazamento das barragens em Mariana. Doze continuam desaparecidas. Em Minas Gerais, há 735 barragens, 450 [...]

A Samarco declarou que já começou obras emergenciais para reforçar as estruturas das barragens, e diferentemente do que tinha afirmado depois da tragédia, a empresa diz agora que a barragem de Santarém não se rompeu.

Onze pessoas morreram vítimas do vazamento das barragens em Mariana. Doze continuam desaparecidas. Em Minas Gerais, há 735 barragens, 450 de mineração. E as causas desse desastre ainda são desconhecidas.

A mineradora Samarco tem três barragens na região de Mariana, uma muito próxima da outra. E é o efeito cascata que ainda preocupa.

Até agora, nem a fiscalização, nem a mineradora falaram sobre as causas do rompimento. O presidente da Fundação Estadual do Meio Ambiente, Diogo Melo Franco, disse que, mesmo que houvesse irregularidade nas barragens, a legislação estadual não prevê interdição. Só prevê multa. Ele disse que determinou que a Samarco apresentasse, no máximo, até segunda-feira (16), um plano de ação para evitar outra tragédia. Mas, até o fim da tarde, a Samarco não havia apresentado.

Só para a recuperação inicial dos danos ambientais, a Samarco vai ter que reservar R$ 1 bilhão e tem dez dias para criar o fundo. A mineradora assinou um termo de compromisso com Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) e o Ministério Público Federal (MPF), mas a quantia deve ser ainda maior.

O Ministério Público disse que é pouco uma cesta básica e um salário mínimo mais 20% que a Samarco prometeu pagar às 700 famílias de Mariana.

 

 

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Ampliação de barragem em Mariana estava acima do ideal, afirma PF

BLINK NEWS

Barragem em Mariana tem novo vazamento

BLINK NEWS

Presidente e diretor da Samarco deixam cúpula da empresa

BLINK NEWS

Samarco, Vale e BHP aceitam acordo judicial para revitalizar Bacia do Rio Doce

BLINK NEWS

WhatsApp chat