fbpx
conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

BLINK NEWS

Santa Casa parcela pagamento do 13º e cobra repasses para Unidade do Trauma

Colaboradores da Santa Casa de Campo Grande reivindicam pagamento total do 13º salário de 2018 e instituição comunica parcelamento do valor devido. Segundo a Santa Casa, em dezembro, os colaboradores receberam 60% do valor total de cada 13º salário e os outros 40% foram divididos em 3 parcelas. Ainda conforme a Santa Casa, a primeira parcela (13%), que deveria ser paga no último dia útil de janeiro, foi paga de forma adiantada, na última sexta-feira (25).

As próximas parcelas

As demais parcelas seguem a programação da instituição e devem ser debitadas aos colaboradores nos últimos dias úteis de fevereiro e de março. Recebem 13º salário da Santa Casa todos os funcionários que trabalham com carteira registrada (CLT), no total 3.109 pessoas.

De onde vem o dinheiro?

Segundo o Prefeito, Marquinhos Trad, o valor total para pagamento do 13º salário dos funcionários da Santa Casa já foi repassado pela prefeitura. Através da assessoria de imprensa, a Prefeitura reforça que os funcionários não tem nenhum vínculo trabalhista com o município e que o pagamento dos salários é de “responsabilidade única e exclusiva” do hospital e também destaca que a Santa Casa recebe recursos da União, do Estado e do Município (cerca de R$ 22 milhões mensais).

A Santa Casa informa que não recebe recursos para pagar especificamente o 13º salário de seus colaboradores. Por e-mail encaminhado para a Blink 102, a assessoria de imprensa da instituição diz que é necessário “se espremer com o recebido nos 12 meses do ano” e que o recebido “sequer paga os custos mensais” e, portanto, sempre falta dinheiro. A assessoria diz, ainda, que “o que resta à administração é repassar aos funcionários à medida que recebe do poder público”.

Unidade do Trauma

Outro assunto muito discutido é o de abertura da Unidade do Trauma da Santa Casa. A assessoria de imprensa do hospital diz ainda aguardar repasses de recursos para a manutenção da unidade. Seriam, segundo a assessoria, R$ 8 milhões mensais que já deveriam estar sendo repassados desde outubro do ano passado. A prefeitura ressalta que Marquinhos Trad esteve em Brasília na semana passada para reunião com Luiz Henrique Mandetta, Ministro da Saúde, e discutiu liberação da verba. Segundo a assessoria de imprensa do Prefeito, o valor repassado será de cerca de R$ 6 milhões, dividido entre Governo Federal e Governo Estadual. Não foi confirmado prazo para início do repasse.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pessoas estão lendo agora:

COLUNISTAS

Qual mulher não gostaria desse título? Ops! Vou explicar: estou falando em ”amante” no sentido: aquela que ama muito. E não aquela amante, tipo...

COLUNISTAS

Ainda hoje, para muitas mulheres (por mais moderna que seja), a primeira relação sexual dá um frio na barriga. Até porque é cercada de...

COLUNISTAS

Quando se fala em “fetiche”, as pessoas já pensam logo, em coisas bizarras… Grande engano. Você sabia que a palavra fetiche vem de feitiço,...

CAFÉ COM BLINK

Ação em prol do Cotolengo sorteia camiseta oficial do título da Libertadores. No nosso Estúdio o Diretor da Instituição Padre Valdeci Marcolino. Cotolengo Sul-Mato-Grossense...