Conecte com a gente

VIVA VOZ

Sexo e namoro à distância: será mesmo possível?

Caso você tenha ficado em uma cápsula criogênica na última semana, tenho uma notícia: o ano mudou! Sim, meus caros, estamos em 2017 e hoje é a primeira edição do programa mais gostoso, tenro e recheado de sacanagens que você respeita, o Viva Voz, com Fabão e Miss Suíte!

Hoje falaremos sobre o tal do namoro à distância. Existem pessoas que conseguiram, superaram essa barra e hoje estão felizes, casados e amando loucamente. Já outra pessoas, acham que é impossível que uma relação dure muito tempo nessas condições. E quando aquele vontade louca de transar surge e nem uns amassos podem ser dados, o que fazer?

Já existe uma invenção meio maluca aí que permite que você beije seu namorado à distância, é o chamado Kissenger, uma mistura meio estranha das palavras em inglês kiss e messenger, ou seja, beijo e mensagem, mensagem de beijo, enfim, vocês sacaram.

Ele é feito de um plástico colorido e deve ser conectado à parte de baixo do celular. O que diferencia o dispositivo é uma almofadinha na qual você vai dar o beijo quando estiver conversando com seu amor.

Ela vai transmitir as sensações do beijo para um aparelho igual, conectado no celular da pessoa com quem você está conversando, não importa onde estejam, vocês só precisam do “Kissenger” e de acesso a internet.

A novidade funciona com sensores de pressão e agentes que reproduzem pressão. Eles gravam e transmitem seu beijo para  o dispositivo receptor, que recria as sensações para a pessoa do outro lado. Com o auxílio da câmera, você ainda pode ver o amado enquanto “se beijam” à distância.

Outra paradinha bem louca inventada para os amantes à distância é uma plataforma para casais chamada de Kiiroo. Um vibrador se conecta, via internet, a um masturbador (nomeado de Pearl) que simula uma vagina (a Onyx). Assim, quando alguém do casal faz um movimento sobre o aparelho, este se comunica com o outro e reproduz o movimento na outra pessoa! O criador, o holandês Toon Timmermans, incentivador do uso da realidade virtual como futuro para os brinquedos sexuais, garante que é bala!

Claro que transar “virtualmente” não é nenhuma novidade, afinal muitos casais já tinham, muito antes da internet, o costume de fazerem sexo por telefone e, mais recentemente, por skype. Claro que isso basicamente se resume ao ouvir a voz de seu parceiro sussurrando sacanagens no seu ouvido enquanto você se masturba, mas pelo menos pode ser um consolo para aplacar as milhas que os separam um do outro.

Você já fez sexo de maneira virtual? Como foi? Conte-nos sua história

fontes: mdemulher.abril.com.br e delas.ig.com.br

Escrito por

Buscando a felicidade sempre. Apaixonado pela comunicação e pela música. Sonhar, acreditar e jamais desistir, tudo isso sem perder a fé. Locutor, cantor e acadêmico de jornalismo. Apresentador do Viva-Voz. Me siga no insta: @padubotelho.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

WhatsApp chat