Conecte com a gente

VIVA VOZ

Solteirice por opção: conheça os diferentes tipos e encontre o seu

Por mais diferente que ainda hoje, neste século, possa parecer, existem pessoas que adoram ser solteiras. E não se dividem apenas entre aqueles que amam não ter alguém do lado e aqueles que estão loucos para entrar em um relacionamento. Com a ajuda da psicóloga e coach de relacionamentos Eliete de Medeiros, listamos os dez tipos que você pode encontrar por aí se também estiver “na pista”:

O convicto

Esse é daqueles solteiros que, seja qual for o motivo, não pensam em arrumar um par de modo algum. Eles gostam de curtição, de ficar com várias pessoas, de não precisare dar justificativas a ninguém e, no carnaval, sentem-se em casa.

O contrariado

Para esse tipo, a vida de pessoa solteira já perdeu a graça e parece que finalmente chegou a hora de “se amarrar”. No entanto, para elas, nenhum peixe cai na rede e parece que a pessoa certa nunca vai chegar.

O perdido

Em alguns momentos ele se sente bem com a vida de solteiro, mas, em outros, sente vontade de ter alguém do lado para compartilhar os bons momentos e viver experiências de casal.

O sanguessuga 

Se você não tem um amigo assim, provavelmente conhece alguém que tem. A pessoa fica longe de relacionamentos (seja por vontade própria ou por não conseguir encontrar alguém com quem valha a pena se relacionar) e vive aconselhando que os amigos não se envolvam com ninguém para que ele não perca a companhia nos “programas de solteiro”.

O come quieto

Esse é o tipo de solteiro que, apesar de não se prender a ninguém e viver nas festas, tem vários “contatinhos fixos” na agenda com quem sai com frequência.

O falador

Ao contrário do “come quieto”, essa é aquela pessoa que fala o tempo todo sobre sair com várias pessoas, mas, na realidade, não fica com ninguém.

O melhor amigo

Esse tipo de solteiro não está nem um pouco conformado em não ter um relacionamento e gostaria muito de namorar, mas sempre acaba ficando apenas como o melhor amigo das pessoas com quem quer ficar.

O viajante

Assim como o convicto, ele não vê nada de errado na vida de solteiro, mas vai para onde a vida o levar, sem ficar necessariamente correndo atrás de um relacionamento.

O em cima do muro

Parecido com o tipo perdido, o solteiro que está “em cima do muro” realmente sente vontade de ter um relacionamento, mas, ao mesmo tempo, não consegue se desvencilhar de certos hábitos da solteirice.

O que apenas finge ser solteiro

Apesar de se apresentarem como solteiros, essas pessoas são daquele tipo que escondem a aliança no bolso quando é conveniente e esperam o parceiro ou parceira não estar por perto para entrar no Tinder.

Você acha que é possível ser um solteirão (ona) convicto a vida inteira ou a solteirice é apenas uma fase na vida de todo mundo?

fonte: delas.ig.com.br

Escrito por

Buscando a felicidade sempre. Apaixonado pela comunicação e pela música. Sonhar, acreditar e jamais desistir, tudo isso sem perder a fé. Locutor, cantor e acadêmico de jornalismo. Apresentador do Viva-Voz. Me siga no insta: @padubotelho.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

WhatsApp chat