Niara lança clipe “Não Esqueço”, parceria com Pabllo Vittar
Os piores do século! No dia dos namorados, conheça as maiores furadas

Temer bate próprio recorde de impopularidade e brasileiros se dizem pessimistas sobre economia do país

COMPARTILHE ISSO AGORA! :)

Levantamento divulgado pelo Instituto Datafolha no último domingo (10), aponta intenções de votos dos brasileiros, insatisfação com o governo atual e desânimo da população em relação à economia do país.

Intenções de votos dos brasileiros

A pesquisa apontou 30% das intenções de votos para Lula, 17% para Jair Bolsonaro e 10% para Marina Silva. Geraldo Alckmin e Ciro Gomes empatam com 6%.

Em cenário no qual Lula não é candidato, se o PT lança Fernando Haddad ou Jaques Wagner ou se o PT deixa de participar das eleições, quem lidera as intenções de voto é Jair Bolsonaro, seguido por Marina Silva.

Ainda segundo o Datafolha, se Lula concorre, vence o primeiro turno e chega ao segundo, pode se tornar novamente presidente do país com mais de 40% dos votos.

O governo de Michel Temer

No levantamento do instituto, 82% dos brasileiros consideram o governo de Michel Temer um governo ruim ou péssimo. O presidente bateu seu próprio recorde de reprovação (70% de abril) e é considerado o mais impopular do país desde a redemocratização. A impopularidade de Temer aumentou com a crise provocada pela greve dos caminhoneiros e também por problemas relacionados à economia brasileira.

O governo de Michel Temer

No levantamento do instituto, 82% dos brasileiros consideram o governo de Michel Temer um governo ruim ou péssimo. O presidente bateu seu próprio recorde de reprovação (52% de abril) e é considerado o mais impopular do país desde a redemocratização. A impopularidade de Temer aumentou com a crise provocada pela greve dos caminhoneiros e também por problemas relacionados à economia brasileira.

E falando em economia…

A pesquisa do Datafolha também mostrou que, para 7 a cada 10 brasileiros, a economia no Brasil piorou nos últimos meses. Dos entrevistados, 62% vêem decadência econômica e mais de 30% acreditam que a situação ainda irá piorar mais. 26% acreditam em recuperação nos próximos meses.

A pesquisa entrevistou 2.824 pessoas entre 6 e 7 de junho, em 174 municípios e tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

WHATSAPP