Conecte com a gente

BLINK NEWS

Terrorismo: O Brasil é um alvo em potencial? Porque os suspeitos não tiveram direito a advogados?

O assunto pautado nesta terça-feira (26) foi o terrorismo. Um assunto muito em alta principalmente agora em que 10 pessoas foram presas na operação #Hashtag da Polícia Federal acusadas de terrorismo e envolvimento com o Estado Islâmico. De acordo com o Ministro da Justiça, Alexandre Moraes,  as prisões foram feitas para desencorajar possíveis atos terroristas. [...]

O assunto pautado nesta terça-feira (26) foi o terrorismo. Um assunto muito em alta principalmente agora em que 10 pessoas foram presas na operação #Hashtag da Polícia Federal acusadas de terrorismo e envolvimento com o Estado Islâmico. De acordo com o Ministro da Justiça, Alexandre Moraes,  as prisões foram feitas para desencorajar possíveis atos terroristas. Porém muitos questionamentos surgem com estas prisões. Seriam eles terroristas mesmo? E outra questão. Porque eles não tiveram direito a advogados?

Para entender todo este conceito, tanto no aspecto jurídico quanto social, convidamos o professor e advogado criminal Rodrigo Couto e o professor de sociologia e cientista político Daniel Miranda para esclarecer a nossa pauta.

Rodrigo Couto Advogado Criminal e professor de direito penal

Rodrigo Couto
Advogado Criminal e professor de direito penal

A respeito do fato dos suspeitos não terem acesso a advogados, Rodrigo Couto explica:

Tal prisão dos suspeitos sem direito a advogados é ilegal. O advogado não teve acesso ao seu cliente no momento da prisão, e não conseguiu recolher as assinaturas na procuração para que ele possa ter acesso aos autos. E a ilegalidade está em dois pontos. Um, O direito do cliente, e dois, o direito do advogado.

Daniel Miranda Sociólogo e Cientista Político

Daniel Miranda
Sociólogo e Cientista Político

Perguntado se o Brasil pode ser comparado com os Estados Unidos, o sociólogo e cientista político Daniel Miranda afirmou que:

Com certeza não. Como estamos nas Olimpíadas neste ano, as Olimpíadas está neste patamar, então quando os jogos passarem, creio eu, que esta preocupação vai diminuir. Mas o nosso país não participa de nenhuma guerra nestas coalizões, nunca enviou soldados a combater qualquer grupo extremista, e nunca houve uma ligação à eles. A preocupação é com as Olimpíadas devido ao histórico, mas o alvo não é o Brasil, a preocupação maior são as delegações.

A entrevista é muito rica em informações, que ajudam a esclarecer o que está acontecendo em nosso país, em um momento onde a população pode se perguntar: Será que o Brasil pode ser alvo de atentados terroristas? E também: Como a nossa legislação lida com este tipo de crime?

Por isso você pode ouvir trechos da entrevista abaixo. Selecionamos os tempos e os questionamentos levantados na entrevista, caso você não queira ouvir toda a entrevista. Mas fique à frente dos seus amigos com este conteúdo rico em informações relacionado a este tema, abordado por dois especialistas:


01:03 – Como podemos interpretar este ato? Realmente foi uma medida de segurança?
02:12 – Porque foi impedida a entrada dos advogados?
04:48 – Como a comunidade do direito recebeu essa proibição?
06:53 – Qual o rico deste tipo de medida (proibição). Ela fere o Estado de Direito?
09:25 – Casos em que os advogados eram usados como informantes. Eles não podem ser esbarrados nestas situações?
11:03 – A portaria que permitiu o impedimento pode cair em casos excepcionais como este, de terrorismo, ou ela vai se manter?
12:07 – Nos E.U.A se um indivíduo fizer uma brincadeira relacionada ao terrorismo ele é preso. No nosso país, onde tudo é motivo de piada, isso poderia acontecer também?
14:17 – O Brasil está no mesmo patamar como alvo que os E.U.A?
18:40 – O que podemos esperar para as Olimpíadas deste ano com todas estas ameaças? Estamos preparados caso aconteça no nosso país?
21:06 – Se nada ficar comprovado sobre os suspeitos de terrorismo. Eles vão poder mover algum tipo de ação de regresso em desfavor à união por terem sido presos injustamente?
22:35 – Com relação a propaganda. O fato da mídia estar noticiando os ataques. No caso destes suspeitos sem nenhum ato concreto aqui no Brasil, pode colocar o país no mapa do recrutamento de pessoas para grupos terroristas como o Estado Islâmico.
25:23 – Fã opina: “Eu acho que eles não deveriam ter direito nenhum”.
29:31 – Porque estes suspeitos de terrorismo no Brasil levantam tanta desconfiança entre os especialistas?


Vinicius Nunes

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

PODCAST: Saiba mais sobre federalização e autonomia dos Estados

CAFÉ COM BLINK

21 MAI: #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

Previdência Privada: Saiba mais com Fabiano Simões

CAFÉ COM BLINK

Reforma da Previdência: Tira dúvidas com Marcos de Castro

CAFÉ COM BLINK

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat