O estudante brasileiro Luiz Felipe, de Marechal Floriano, no Espírito Santo, foi selecionado pela Nasa para conhecer o Centro Espaial Joh F. Kennedy, na Flórida, até aí foi uma vitória, mas surgiu um problema: Como custear a viagem que custaria cerca de US$ 6 mil?

A solução encontrada pela família foi fazer uma vaquinha e essa semana ele conseguiu atingir a meta de cerca de R$ 30 mil.

Ele vai conhecer as instalações do local, que é a base de lançamento de foguetes, satélites e outros veículos espaciais, no ano que vem.

Baseado nisso, hoje o #VivaMais resolveu falar sobre formas de juntar aquela graninha.

Uma das formas mais comuns além da vaquinha é o famoso Moai. Antes de começar há um sorteio para saber quem vai pegar o dinheiro e em qual mês. Aí os participantes contribuem com o valor em dinheiro combinado durante o período definido. Todos os meses alguém recebe o valor que todos deram e vai revezando quem recebe.

Além de vender itens pessoais que não usamos mais, podemos também colocar o dinheiro pra render em alguma poupança, ou fundo de investimento. Mas cuidado com as taxas dessas instituições financeiras, sempre leia as letras miúdas.

A nossa audiência também compartilhou com a gente a situação deles.

Fabrício Varela falando da instituição Juliano Varela

Às vezes o motivo da arrecadação é saúde e é muito bom quando as pessoas ajudam de coração.

Relato do Erik Vinicius. Você também pode ajudar aqui: http://vaka.me/795975

Viu como uma vaquinha pode ajudar as pessoas? Compartilhe com a gente a sua experiência também.

Deixe um comentário