Conecte com a gente

ENTRETENIMENTO

Veja: Entrevista de Najila e vídeo da briga com Neymar

Foto: Agência Brasil

O caso envolvendo a acusação de estupro conta o jogador Neymar ganhou mais um capítulo, nesta quarta-feira (05) o jornal “SBT Brasil” exibiu uma entrevista exclusiva com a modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa o jogador de cometer abuso sexual quando eles se encontraram em Paris no dia 15 de maio.

Na entrevista ao jornalista Roberto Cabrini ele começa questionando, “quem é Najila?” “Você sofreu agressão ou estupro?”

Segundo a modelo, ela foi sim vítima de estupro e agressão, mesmo tendo ido ao encontro com o jogador com intenções sexuais. “Meu intuito era ter uma relação sexual com ele“, disse.

A modelo relata como se conheceram, pelas redes sociais, e que foi Neymar quem bancou sua ida a Paris, conta como foi o encontro com detalhes.

 “Eu vou pro hotel, ele me manda mensagem falando que ia para uma festa e que ia passar antes para me dar um beijo, cumprimentar, antes de ir para a festa. Eu tinha um desejo de ficar com Neymar. Quando cheguei lá, estava tudo bem, tudo legal, eu ia conseguir. Mas quando cheguei lá, ele estava agressivo, totalmente diferente daquele cara que conheci nas mensagens. Até aí, tudo bem. Como tinha muita vontade de de ficar com ele, falei: vou tentar manejar aqui. A gente começou a trocar carícias, ficar, se beijar. Aí ele me despiu, até aí foi consensual, tudo bem. Depois, ele começou a me bater. Nos primeiros, eu falei ‘ok, estava tudo certo’, mas aí começou a machucar muito“, disse.

E ela continuou: “Eu falei ‘para, está doendo’. Ele falou ‘desculpa, linda’. Ok, continuamos. Deitados na cama, rolando, eu falei: ‘você trouxe preservativo? Porque eu não tenho’. Ele disse que não, e eu falei que não aconteceria nada além daquilo, porque não podemos. Ele não respondeu nada, e nós continuamos. Ele me virou, cometeu o ato, e eu pedi para ele parar. Enquanto ele cometia o ato, ele continuava batendo na minha bunda violentamente. Eu girei depois, tudo muito rápido, em questão de segundos, depois me retirei. Eu falei ‘para, para, não’. Eu falei“.

O jornalista pergunta o motivo de ela ainda manter contato mesmo após ter sofrido o suposto abuso. “Porque primeiro que tive que assimilar tudo. Todo o acontecimento. Quando ele saiu do quarto, eu comecei a entender tudo que aconteceu comigo e como ele foi estúpido, como ele foi ruim, como ele me violou e me violentou, eu quis fazer justiça“, declarou a modelo.

Najila também falou sobre o rompimento com seu ex-advogado: “Primeiro que ele não estava acreditando totalmente em mim, e eu senti preconceito da parte dele. Porque ele disse para mim: ‘é, você vai ter que cortar a unha, teremos que levar isso para frente’. Deu a entender que ‘você não foi estuprada, você fez porque quis, então não vou colocar essa parte. Eu tenho as provas, você me mostrou as provas da agressão, que foram as fotografias’. Acho que ele só acreditou porque ele viu a foto que o próprio Neymar mandou para mim, machucada“.

E negou que tenha tentado extorquir o jogador. “Da minha parte, não (houve tentativa de extorsão). Fiquei sabendo. Comecei a desconfiar disso no momento em que ele (o ex-advogado) não deixava eu dar queixa. Inclusive, porque tomei essa decisão (de ir à polícia), ele decidiu abandonar o caso“.

Além da entrevista o portal R7 divulgou com exclusividade o vídeo no qual a modelo e o jogador estão brigando.

Escrito por

Acreditar no melhor da vida e ter valores bem definidos para saber vivê-los. Mesmo assim ser dócil e gentil com dias difíceis e nunca esmorecer. Assim busco a felicidade e compartilho minha vida. Seja bem-vinda(o) aos meus conteúdos e conte comigo!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

102 vips para você!

PROMOÇÕES BLINK 102

Break Sustentável: Neste sábado (21)

SUSTENTABILIDADE

Lançamento!

ENTRETENIMENTO

PODCAST: Invasão Arriscada!

AO VIVAÇO

WhatsApp chat