Conecte com a gente

BLINK NEWS

Volkswagen nega nova acusação sobre uso de software manipulador em motores

O grupo Volkswagen, maior fabricante de veículos da Europa, negou nesta segunda-feira que seu motor a diesel de 3 litros V6 também contenha um software que manipule os dados de emissões de gases poluentes. A empresa alemã reagiu em comunicado à nota divulgada hoje pela Agência de Proteção Meio Ambiental (EPA) dos Estados Unidos, na [...]

O grupo Volkswagen, maior fabricante de veículos da Europa, negou nesta segunda-feira que seu motor a diesel de 3 litros V6 também contenha um software que manipule os dados de emissões de gases poluentes.

A empresa alemã reagiu em comunicado à nota divulgada hoje pela Agência de Proteção Meio Ambiental (EPA) dos Estados Unidos, na qual é acusada de ter utilizado em mais motores um software que reduz as emissões para quando o veículo estiver em testes.

 “A Volkswagen quer enfatizar que não foi instalado nenhum software nos motores de 3 litros V6 para alterar as emissões de maneira proibida”, garante o breve comunicado da empresa.

A empresa disse ter sido informada pelas autoridades ambientais americanas que a EPA anunciou a descoberta “que veículos com motores V6 TDI têm uma função de software que não foi descrita de maneira adequada” ao solicitar as permissões pertinentes.

Apesar da negação, a Volkswagen se mostrou disposta a “cooperar plenamente com a EPA para esclarecer totalmente este assunto”.

Pouco antes, a EPA anunciou que o Porsche Cayenne 2015 também tem instalado um software ilegal que oculta as emissões reais de seus motores a diesel e que aumentou o número de modelos de Volkswagen e Audi manipulados para cumprir com os níveis máximos das leis ambientais dos Estados Unidos.

O novo aviso de violação das leis emitido pela EPA inclui os modelos de 2014 a 2016 equipados com motores a diesel de 3 litros das marcas Volkswagen, Audi e Porsche.

A EPA identificou como modelos afetados o Volkswagen Touareg 2014, Porsche Cayenne 2015, e Audi A6 Quattro, A7 Quattro, A8, A8L e Q5.

A agência americana especificou que a suposta manipulação “se junta” ao que foi descoberto em 18 de setembro e que afeta os veículos do Grupo Volkswagen dotados com motores a diesel de 2 litros em modelos dos anos 2009 a 2015.

“A Volkswagen novamente não cumpriu com a obrigação de se ajustar à lei que protege o ar para todos os americanos”, disse em comunicado Cynthia Giles, subdiretora do escritório de cumprimento de garantias de EPA.

“Todas as empresas deveriam seguir as mesmas regras. A EPA investigará essas graves questões para assegurar os benefícios da Lei de Ar Limpo e as mesmas regras de jogo para as empresas responsáveis”, acrescentou Giles.

Fonte: Agência EFE/ Terra

 

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Governo realiza leilão de veículos e motos nesta sexta-feira

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat